”Vou defender a gestão de João da Costa”, afirma Humberto

O senador Humberto Costa mostrou um discurso pronto para rebater as críticas de que sua candidatura à Prefeitura do Recife – anunciada pela cúpula do PT junto com a decisão de afastar da disputa o prefeito João da Costa – é fruto de uma imposição. Tentando juntar os cacos de um PT rachado, ele disse que vai procurar o prefeito em busca de apoio e que defenderá a sua gestão na campanha. Humberto buscou legitimar a decisão da nacional para escapar da pecha de candidato “biônico”. Atribuiu ao DEM tal alcunha – embora até a deputada petista Teresa Leitão a tenha usado – e defendeu-se, resgatando seu histórico de luta contra a ditadura e eleição pelo voto popular. Depois de uma temporada de troca de agressões entre as correntes do partido, Humberto disse – em entrevista na sede do PT nacional, em São Paulo – que nunca houve críticas ao governo de João da Costa, e sim à sua gestão política. Segundo ele, a relação com os aliados, com o PT, a Câmara e a sociedade é que precisa melhorar. Apesar de, nos bastidores, muitos petistas afirmarem que Humberto trabalhou para ser indicado, ele disse que cumpria uma “missão partidária”, com o objetivo de unir a legenda.

 

Blog do Banana

Deixe seu comentário