Transposição do São Francisco está 36% concluída, diz ministro

Cinco anos após o início das obras, a transposição do rio São Francisco tem apenas 36,12% de execução. Além disso, cinco dos 14 lotes tocados por empreiteiras estão paralisados.

As informações foram apresentadas nesta terça-feira 22 pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Toda a obra deveria ficar pronta este ano, a um custo de R$ 4,6 bilhões. Agora a transposição só deve ser totalmente entregue no final de 2015, por R$ 8,2 bilhões.

De acordo com planilha apresentada pelo ministro, R$ 2,9 bilhões foram pagos desde 2010. Até 2014, outros R$ 4,9 bilhões devem ser investidos e ainda há expectativa de gastar mais R$ 385 milhões depois.

Bezerra detalhou a situação de cada trecho dos dois eixos da transposição.

O lote 5, no Ceará, ainda não começou a ser feito. A licitação está em curso. A previsão é de que os 39 quilômetros de canais deste lote fiquem prontos até dezembro de 2014.

Alguns trechos serão novamente licitados até setembro deste ano. Isso é necessário porque o governo fez a primeira concorrência prevendo um determinado valor, mas as obras tiveram de ser feitas de maneira diferente.

Um trecho piloto de 16 quilômetros deve ficar pronto até dezembro deste ano. A “Meta 1L” compreende a captação no reservatório de Itaparica até o reservatório Areias, ambos em Floresta (PE).

O prazo é assegurado pelo governo apesar de somente 36% da meta estarem concluídos. Já foram pagos R$ 888 milhões e há um saldo remanescente de R$ 678 milhões. A intenção da pasta é testar toda a operação neste trecho.

Quando prontos, os canais levarão água ao semiárido de Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Folha de São Paulo

Deixe seu comentário