Em Petrolina, 4 majoritárias disputam as eleições.

 

Neste artigo, faremos uma análise subjetiva e completa, olhando de uma maneira independente e imparcial, ao perfil de cada candidato, do qual vão concorrer entre si, para disputar a eleição municipal de 2012, para o cargo executivo de Prefeito de Petrolina. Uma cidade grande e forte, para o Nordeste Semiárido, com a segunda maior população e primeiro maior PIB do interior de Pernambuco.

Em torno de 2 bilhões de reais, serão administrados pelo próximo gestor de Petrolina, pelos próximos 4 anos de administração, possibilitando o crescimento ou estagnação da cidade. Querendo ou não, os petrolinenses deverão observar, atenciosamente, qual o melhor perfil, dentre os candidatos que se apresentam para governar a cidade, gerir esses recursos com responsabilidade ou leviandade.

Por isso, acredito que, muitos já devem ter em mente para quem desejam destinar o voto, que é tão importante e crucial, do qual destinam as vidas de cada cidadão para os próximos 4 anos. É preciso que cada habitante, tenha a plena consciência de que, é na urna eletrônica, que serão dadas a direção da governabilidade de Petrolina.

Quem é o mais preparado?

Quem é mais confiável?

Fazendo uma análise imparcial, mas como um munícipe, exponho uma visão superficial, mas profunda em certos aspectos, sobre o perfil de cada candidato.

Nestas eleições, fica claro que, reduzindo em apenas uma palavra, cada candidato representa algo. Em nossa visão, por exemplo, o candidato Odacy Amorim representa o SENTIMENTO. E todos sabem do que estamos nos referindo. Odacy teve sua candidatura a Prefeito de Petrolina, na eleição anterior, suprimida pelo PSB, resultando assim na debandada de votos para Júlio Lóssio. Este sentimento é adubado e fortalecido, pelas inúmeras ações desastradas daquele que ver Odacy como seu principal adversário – Fernando Filho.

Com a tomada dos partidos, como por exemplo, do PP (Partido Progressista), da base de Odacy, fica claro que, uma espécie de perseguição se manifesta, por parte do \”Trator\”, o famoso Fernando Bezerra Coelho – Ministro da Integração Nacional.

Mas a falta de equipe, bem preparada e posicionada, além de \”nenhuma sinalização de recursos financeiros\” para a sustentação das candidaturas dos vereadores da base, Odacy Amorim terá que corrigir essas falhas, rapidamente. É neste aspecto – Organização, Liderança, e Gestão, que o PT deverá sobresair, para poder ganhar as eleições.

Resumindo….

Pontos Positivos do Candidato

1 – Deputado Estadual com a maior votação histórica de Petrolina, ultrapassando a barreira dos 30 mil votos.

2 – Deputado mais atuande na ALEPE

3 – 80% de aprovação de governo, durante sua gestão de 2 anos do município.

4 – Experiência

5 – Tem o PT (Partido dos Trabalhadores) à sua disposição.

6 – Foi injustiçado (isso é um ponto positivo, que gera um sentimento pró-Odacy).

Pontos Negativos do Candidato

1 – Falta de organização.

2 – Falta de iniciativa própria – diante dos ataques do adversário

3 – Motivação pessoal e em grupo

4 – Dinheiro. Parece que, caso o PT não venha suprir, sua necessidade de Recursos Financeiros, Odacy pode perder a eleição, por esse aspecto. (Sugestão – indicar um articulador experiente para correr atrás dos recursos para suprir essa necessidade).

5 – Equipe despreparada. (Terceira vez 3 que o PT disputa a eleição para Prefeito em Petrolina duas sem sucesso.)

6 – Inatividade

7 – Auto confiança. É algo do tipo (\”Já que tive maioria de votos para Deputado Estadual, então acho que já tenho os votos suficientes para ganhar\”).

Julio Lóssio (Prefeito de Petrolina). Lóssio representa o trabalho (AMES e CRECHES – substancialmente só.), além da melhor gestão aparente, no quesito Limpesa da Cidade, pelo menos nos pontos mais importantes. Teve quase 80 mil votos, uma votação que nem mesmo Fernando Bezerra Coelho, alcançou em Petrolina. Tem a máquina na mão, mas é inexperiente. Agora vem sozinho (sem o apoio de Fernando Filho e nem Fernandão e nem o sentimento pró-Odacy, que o beneficiou na eleição anterior, contra Gonzaga Patriota) para tentar à reeleição. Tinha um alto índice de rejeição.

Pontos Positivos do Candidato:

1 – Tem a máquina na mão;

2 – 80 mil votos;

3 – Apoio de Guilherme Coelho;

4 – Apoio de Osvaldo Coelho;

5 – Creches;

6 – Ames;

7 – Determinado e muito concentrado no que faz;

8 – Otimista;

9 – Maior programa de habitação do estado;

10 – Maior festa junina já vista na cidade.

Pontos Negativos do Candidato

1 – Equipe de governo.

2 – Não tem mídia própria (Rádio, TV, Blogs)

3 – Falta experiência com a gestão dos Partidos.

4 – Os candidatos a vereador, não são fortes o suficiente, para competir com os do PSB.

5 – Falta de Foco na campanha, colocando a responsabilidade da vitória, sobre os \”secretários\”.

6 – Inexperiência.

7 – Sentimento de Já Ganhou…(achando eles, que Creches, Ames e os 80 mil votos, já garantem a reeleição.)

Fernando Filho. Representa o Dinheiro. Deputado Federal por 2 mandatos seguidos. É filho de Fernando Bezerra Coelho, prefeito de Petrolina, por vários mandatos, e atual Ministro da Integração Nacional (Uma super máquina). Tendo o seu pai, como principal cabo eleitoral ou melhor general eleitoral, isso com certeza, tem reflexos positivos e negativos direto em sua campanha. Fernando é agressivo, quando quer ganhar uma eleição, não tem medo de gastar o suficiente, até ter na mão o que quer.

Pontos Positivos do Candidato

1 – Máquina Federal

2 – Deputado por 2 mandatos seguidos

3 – Equipe.

4 – Experiência da Equipe

5 – Dinheiro suficiente para comprar tudo que deseja.

6 – PSB

7 – A maioria dos melhores candidatos a vereador, é PSB.

8 – Tem mídia própria (Rádios, TV, e Blogs)

9 – Não tem pena de gastar

10 – Tem muitos ex-vereadores de mandato

11 – É filho do Ministro da Integração Nacional

12 – Tem o principal cabo eleitoral – o próprio Pai. (Queria eu ter um pai assim….).

Pontos Negativos do Candidato

1 – É inexperiente.

2 – Não respeita ninguém

3 – Não é carismático

4 – Suas ações atinge os próprios aliados.

5 – É afobado.

6 – É preguiçoso.

7 – Tem uma oratória horrível.

8 – Tem uma assessoria altamente destrutiva.

9 – Está em terceiro lugar, na intenção de votos.

Rosálvo Antônio

Pontos Positivos do Candidato

1. Defende o socialismo com políticas de inclusão social;

2. Melhor distribuição de renda;

3. Fortalecimento dos pequenos negócios;

4. Meio ambiente, saúde pública de qualidade e moradia.

Pontos Negativos do Candidato

1. Não firmar coligação com partidos aliados do governo estadual, municipal e federal;

2. Falta de recursos para bancar a campanha.

Moraes de Carvalho

Analista Político

Imprensa

Presidente dos Sem-Partido do Brasil

Blog do Banana

Deixe seu comentário