Sem comunicação oficial, contratados da educação resolvem protestar em frente à Prefeitura temendo demissões

Um grupo de professores contratados da rede municipal de ensino de Petrolina, amanheceu esta sexta-feira, 6, protestando em frente à Prefeitura. O motivo seria uma informação que circula em grupos de whatsapp de que o prefeito Miguel Coelho (PSB) iria demitir todos os temporários da educação municipal a partir deste mês Sendo boato ou não, os docentes partiram para a sede do governo municipal.

A lista de contratados possui mais de 600 profissionais e eles contaram para os vereadores Aero Cruz (PSB), Gabriel Menezes (PSL), Cristina Costa (PT) e Gaturiano Cigano (PRP) que a secretária  Maéve Melo da pasta da Educação, tinha pedido empenho de todos para Petrolina obter bons indicadores e que com isso existia a garantia da secretária que esses docentes permaneceriam no quadro da rede.

Mas um áudio enviado pelo aplicativo de mensagens deixou todos os profissionais apreensivos e por isso, informou o grupo aos vereadores, resolveram protestar. Aero assumiu o compromisso de intermediar com seus pares e um grupo de 04 professores em se reunir, juntamente, com a secretária de Educação, Maéve Melo;

“Vamos conversar com a secretária, levando alguns integrantes dos manifestantes na comissão. Ela que irá esclarecer”, contou. Gabriel que acompanhou o encontro, disse esperar que seja só um boato. “Vamos junto com essa comissão. Foi um boato e isso precisa ser esclarecido”, afirmou.

Presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, a vereadora Cristina Costa, recebeu cópias de contratos que só vencem em 2018 e do áudio que informa que além de serem demitidos, os contratados não receberão o mês de janeiro.

“Vamos esclarecer. Essa informação chegou na Câmara, solicitamos informação á secretaria sobre o assunto, mas até o momento a Comissão não obteve resposta. Isso é o Novo Tempo que está chegando à Petrolina que traz como presente de final de ano, o desemprego para essas pessoas”, disparou a vereadora.

Deixe seu comentário