Secretaria Municipal de Saúde intensifica o controle do mosquito Aedes aegypti na área rural de Petrolina

No intuito de garantir o controle do mosquito Aedes aegypti, a Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS) vem intensificando as suas ações em toda a área rural do Município. Cerca de 25 agentes de combate à endemias estão envolvidos no trabalho, que segue até o dia 19 de junho, percorrendo localidades como Cruz de Salinas, Rajada, Pau Ferro, Cristália, Izacolândia, Nova Descoberta, Serrote do Urubu e Projeto Senador Nilo Coelho.

“Trabalhamos com uma rotina de visitas casa a casa, pesquisa e identificação de focos do mosquito Aedes aegypti, tratamento focal com larvicida e bloqueio de transmissão de casos de dengue”, relatou o gerente de Endemias, Jailson Araújo. Segundo ele, a população precisa ser vigilante para manter o município distante de uma epidemia. Hoje, Petrolina tem um índice de infestação predial de 1,0%, número considerado de médio risco para epidemia do mosquito Aedes aegypti.

A secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta, explicou que o controle do mosquito passa, necessariamente, pela conscientização da população. “Durante as visitas, os agentes de endemias também atuam como educadores em saúde, realizando um trabalho imprescindível. Eles orientam os usuários sobre riscos da proliferação do mosquito e sobre as formas de evitar os criadouros”, afirmou. A equipe ainda disponibiliza o telefone do Disque Dengue (3866- 8559) para a população acionar a equipe da SMS em caso de suspeita de criadouro.

 

Texto: Eneida Trindade

Foto: Patrícia Telles

Blog do Banana

Deixe seu comentário