Ronaldo pede paciência com Mano e perdão a Valcke por ‘chute no traseiro’

Membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo no Brasil, Ronaldo está confiante de que a Seleção Brasileira de Mano Menezes fará um bom papel nos Jogos de Londres, este ano, e também no Mundial de 2014. Mas o Fenômeno pede paciência com o treinador e com a formação do elenco verde e amarelo.

Depois de receber uma homenagem no Corinthians nesta sexta-feira (uma pintura em alusão ao seu primeiro gol pelo Timão foi feita em um muro no CT), o ex-atacante disse que é complicada a missão de Mano Menezes. Em especial depois de gerações vitoriosas, como as de Romário e do próprio Ronaldo.

– Conheço bem o Mano. Tenho fé que a Seleção vai dar ainda muitas alegrias. Estamos vindo de duas gerações vitoriosas demais. A do Romário, em 94, e a minha, em 2002. Começar uma nova geração não é fácil. Tem de ter paciência. Ele tem uma base forte e tenho certeza que para Copa ter um time muito forte.

Ronaldo comentou também sobre o encontro que membro da CBF, do COL e do Governo Brasileiro terão no próximo dia 8 de maio com o secretário-geral da Fifa, Jeróme Valcke, em Zurique, na Suíça. O francês disse recentemente que o Brasil estava precisando de um “chute no traseiro”. Depois, pediu desculpas.

– Não temos de polemizar mais. Ele já fez o pedido de desculpas. Ele se equivocou nas palavras. O governo e o povo brasileiro sabem perdoar. Temos de olhar para frente. Todas as partes têm de estar unidas para a Copa do Mundo – finalizou.

Além de Ronaldo e Valcke, estarão nesse encontro o ministro do esporte, Aldo Rebelo, o presidente da CBF, José Maria Marin, e o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero. Inicialmente, o Brasil não queria mais contato com Valcke, mas a situação tem sido contornada.

Fonte: Globoesporte.com

Blog do Banana

 

Deixe seu comentário