Refinaria Abreu e Lima fica quase 90% mais cara e preocupa Petrobras

Os custos da refinaria Abreu e Lima (Rnest), a ser construída no Complexo Industrial Portuário de Suape,  aumentaram quase 90%.  Dos U$$ 2,3   passou para U$$20,1 bilhões, se for inaugurada em 2014. O atraso das obras, que deveriam está prontas  em  2013, preocupou a presidente da Petrobras, Graça Foster.Apenas 55% dos trabalhos foram executados.  A executiva da maior estatal brasileira, citou, numa coletiva concedida em São Paulo  na segunda 25, o caso da refinaria como mau exemplo.

“A Rnest é uma história a ser aprendida, escrita, lida pela companhia, de tal forma que não seja repetida. O óleo a ser refinado conta hoje com atraso de três anos. É claro, absolutamente claro, o não cumprimento integral da sistemática de aprovação de projetos neste caso específico”, disse.

A Abreu e Lima foi idealizada pelos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Hugo Chavez – Venezuela.

(com informações da Folha de Pernambuco)

Deixe seu comentário