Professores da rede privada de ensino ameaçam parar as atividades

Nesta segunda-feira (04), os professores do setor privado de Pernambuco realizam uma nova assembleia onde ameaçam paralisar as atividades. O encontro será realizado no Centro Social da Soledade, na Boa vista; na Subsede de Caruaru e no Centro Diocesano, em Petrolina.

 A categoria pede, desde o começo da campanha salarial 2012, a unificação da hora/aula para R$ 10, que atualmente é de R$ 5 para os professores da educação infantil e ensino fundamental 1 (1º ao 5º ano) e de R$ 6,40 para os docentes que lecionam no fundamental 2 (6º ao 9º ano) e ensino médio.

 Os professores decretaram a greve na última quarta-feira (30), devido ao não comparecimento do sindicato patronal ao encontro de mediação com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Fonte: Folha-Pe

Blog do Banana

Deixe seu comentário