Prodecon: Ainda é pequeno o número de reclamações referentes a telefonia celular

No Vale do São Francisco já se tornou comum para os usuários das operadoras de telefonia de celular as reclamações devido às linhas congestionadas, sinal baixo, cobrança de deslocamento e falhas no sistema em geral, nos últimos dias essa situação tem se agravado ainda mais.

Apesar de o assunto ser bastante discutido nas ruas das cidades vizinhas, Petrolina-PE e Juazeiro – BA, a população ainda não se mobilizou de forma jurídica para cobrar mudanças as operadoras. Segundo o consultor Jurídico da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor (PRODECON) em Petrolina, Rodrigo Dorando, foram registradas poucas reclamações das operadoras na cidade. “Com o levantamento dos registros de reclamações, de junho de 2011 à abril deste ano, apenas quatro reclamações foram registradas sobre a interrupção e a má qualidade do sinal, sendo duas da OI e duas da TIM.”, afirma.

Ainda de acordo com o consultor, no Código de Defesa do Consumidor a partir do artº 12, toda prestadora de serviço tem que oferecer um atendimento eficaz e podendo até gerar indenizações ao cliente. “O telefone celular tem a característica de um serviço essencial, se o cidadão necessita do celular para trabalhar tanto cabe indenização por danos morais e materiais. No Prodecon nós fazemos uma notificação administrativa para resolver o problema, este procedimento de indenização só cabe a justiça .”

O cidadão que deseja denunciar deve comparecer com a cópia do RG e CPF e comprovante de residência, na sede do Prodecon, no centro de Convenções ao lado do River Shopping , no horário de 13h às 17h e registrar a reclamação sobre a má qualidade do serviço. Só com o registro das reclamações é possível notificar as operadoras para tomar as devidas providências e cobrar um melhor atendimento para a região.

Fonte: Petrolina1

Blog do Banana

Deixe seu comentário