Prefeitura envia nota resposta ao Blog sobre a Rodando Legal e diz que ‘vai rediscutir os valores cobrados pela empresa’

As observações feitas por alguns vereadores de Petrolina, que no exercício dos seus ofícios (de fiscalizadores das ações governamentais no município), cobraram na Câmara, nesta terça-feira (10), medidas urgentes da prefeitura sobre o trabalho realizado no trânsito petrolinense, pela empresa Rodando Legal, surtiram efeitos no Palácio Guararapes.

Para alguns parlamentares, a empresa está lesando o bolso dos cidadãos quando cobra taxas de mais de R$ 30 por diária de veículos apreendidos nas ruas da cidade, com o IPVA atrasado.

A AMMPLA (Autarquia Municipal de Mobilidade), diz em nota enviada ao e-mail deste Blog, que sobre a empresa Rodando Legal: “o processo de licitação com esta empresa aconteceu na gestão passada e que é de responsabilidade dela guardar os veículos e realizar o guinchamento quando solicitada pela Ammpla”.

“Em relação aos valores cobrados, a Ammpla não tem autoridade para revogar este processo, porém, a Procuradoria do Município está analisando toda a situação para rediscutir sobre esses valores cobrados”, conclui a nota enviada pela AMMPLA.

Blog do Banana

Deixe seu comentário