Prefeito Julio Lossio participa da 12ª edição da Missa do Vaqueiro do Sítio Caiçara

Fé e esperança marcaram a 12ª edição da Missa do Vaqueiro do Sítio Caiçara, que foi realizada nesse domingo (06). Mais de 200 vaqueiros entre encourados e amadores, fizeram suas orações, guiados pelas palavras do Padre Vaqueiro José Guimarães da paróquia de Dormentes. Idealizada pelo patriarca Raimundo Bosco, mais conhecido como Bosquinho da Caiçara, a Missa contou o apoio da Prefeitura de Petrolina.

Sobre a origem do evento religioso, de acordo com uma das organizadoras do evento, Maria Zilda Nunes dos Santos, a intenção era rezar uma missa para as almas vaqueiras. “Isso só aconteceria apenas uma vez, virou tradição e cada vez mais pessoas participam da Missa de Caiçara. Neste ano, nós até pensamos em não fazer, por causa da seca, mas decidimos continuar enquanto tivermos saúde”, relatou dona Maria, dando uma verdadeira lição de fé e esperança para o povo da região de sequeiro.

Presente no evento, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, acompanhou a Missa e, ao fazer uso da palavra, reafirmou sua preocupação com a prolongada estiagem, que em Petrolina prejudica especialmente os moradores da área de sequeiro. “Nós somos secos, mas Deus nos deu o Rio São Francisco. Nos últimos três meses já cavamos 20 poços profundos, mas nós sabemos que só o Canal do Sertão e o Projeto Pontal podem resolver esse problema. Enquanto isso não for feito, continuaremos nessa luta constante”, expôs o prefeito.

O prefeito Julio Lossio ainda destacou que, mesmo com a prolongada seca, na área irrigada do município, neste ano os produtores terão a maior colheita dos últimos dez anos. “Petrolina vai colher R$ 450 milhões em uva, manga e acerola. Só a empresa Niagro vai movimentar US$ 50 milhões de dólares em acerola. Além disso, 50% da produção brasileira da fruta é produzida no Vale do São Francisco, o que mostra que estamos muito perto de um desenvolvimento cada vez mais sólido”, finalizou Julio Lossio.

Texto: Carol Souza

Fotos: Marcizo Ventura

Blog do Banana

Deixe seu comentário