PIB pernambuco cresce 4,6% e supera índice brasileiro, no primeiro trimestre

O Produto Interno Bruto pernambucano cresceu 4,6% no primeiro trimestre de 2012, na comparação com mesmo período de 2011. O índice de crescimento local é maior que o brasileiro, que apresentou de janeiro a março evolução positiva de 0,8%. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (12) pela Agência Condepe/Fidem.

Entre os setores que apresentaram crescimento no Estado estão Indústria (9,0%), Serviços (4,5%), além dos impostos sobre a produção (6,3%). A indústria pernambucana apresentou, na comparação com o primeiro trimestre de 2011, um crescimento de 9,0%, destacando-se, como principal impulsionador desse desempenho, a Construção Civil, com 10,3%.

A indústria de transformação registrou crescimento de 6,1% nesse mesmo comparativo, influenciado pelos resultados dos segmentos: metalurgia básica – produção de chapas e tiras de alumínio e vergalhões de aços ao carbono (22,0%); minerais não metálicos – pias, banheiras e bidês de cerâmica, garrafas, garrafões e frascos de vidro para embalagem (16,2%); e produtos de metal – latas de alumínio para embalagem (7,6%).

 NEGATIVO – No Estado, um dos setores que teve índice negativo foi o de agropecuária, com – 23,8%. Segundo a Agência, esse resultado teve como principal causa o decrescimento nas lavouras temporárias, apresentando queda de 50,2%, especialmente nas culturas de cana de açúcar, milho, feijão e mandioca.

Por outro lado, as lavouras permanentes registraram incremento de 4,1% no comparativo com o primeiro trimestre de 2011, cujo principal destaque foi no crescimento da produção de banana, manga e uva, culturas irrigadas que sofreram menos impacto com a seca nesse primeiro trimestre do ano devido.

Fonte: NE10

Blog do Banana

Deixe seu comentário