Pernambuco espera se tornar área livre de febre aftosa em setembro

A vacinação contra a febre aftosa em Pernambuco sofreu atraso em 2012 e só deve começar no dia 1º de junho. Isso porque o estado passa por um inquérito soro-epidemiológico que vai avaliar a circulação do vírus da doença no interior, através de coleta e exame de sangue. Para evitar a entrada de animais com risco de contaminação, segundo a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), vão ser instaladas treze barreiras em divisas do estado. Normalmente, os meses de vacinação em Pernambuco são abril e outubro.

A partir do dia 15 de maio, fica proibida a entrada sem quarentena, período de cuidados veterinários, de bovinos vindos da Paraíba e do Rio Grande do Norte. A intenção da Adagro é de que Pernambuco deixe de ser um estado de médio risco para o surto da doença. “Durante todo o mês de maio, nós estamos fazendo as visitas nas propriedades que foram sorteadas. E, no mês de junho, iremos começar a coletar o sangue de animais jovens, de até 24 meses, que são animais que há alguma possibilidade de ter o sangue com vírus da febre aftosa”, falou Erivânia Camelo, gerente geral da Adagro.

A expectativa da Adagro é de que o estado seja anunciado como área livre da aftosa no fim do mês de setembro. A mudança de status é considerada importante para os criadores da região. “Vamos agregar valor ao produto de Pernambuco, aos animais, principalmente os de genética, puros, que vão ter um livre comércio em todos os estados da federação”, concluiu Erivânia Camelo.

Doença

A febre aftosa é uma doença viral contagiosa que afeta bovinos,caprinos, ovinos, suínos e outros animais. Os vírus da aftosa são transmitidos com facilidade pelo ar, pela água e alimentos. A transmissão também pode ocorrer por saliva, urina, fezes e leite.

Dentre os sintomas apresentados pelos animais, estão as aftas na boca e na gengiva, feridas nas patas e nas mamas. O animal ainda apresenta febre alta, perda de peso, dificuldade para pastar e produzir leite.

Fonte: G1 PE

Blog do Banana

Deixe seu comentário