Ninguém cala essa voz

No cenário da comunicação local há uma voz hoje que fala alto. Atualmente, ela  atua em uma rádio comunitária de Petrolina.

Porém, algum tempo atrás essa voz andou silenciada, distante dos microfones. Antes locutor de uma grande rádio AM, o radialista em questão parece não ter agradado muito a políticos  da cidade. Então, sua retirada da emissora  foi pedida e consumada.

Agora, sete anos depois, Petrolina conta outra vez  com a voz forte desse comunicador considerado polêmico por uns. Mas muito bem avaliado por tantos outros.

O fato é que  a liberdade de imprensa não pode jamais ser cerceada. Só existe democracia quando há a liberdade de imprensa, liberdade de pensamento. E isso, este canal de comunicação defende com unhas e dentes.  Porque ninguém pode calar   a voz  de jornalistas, radialistas  que defendem pontos de vistas que muitas vezes divergem do censo comum  formando por este ou aquele grupo político.

Blog do Banana

Deixe seu comentário