Nem tudo é festa no São João de Petrolina

 

Os comerciantes que alugaram barracas na praça do Coreto do São de Petrolina estão revoltados com a falta de atenção por parte do assessor especial da Secretaria de Finanças, Avanilson Pires, o coordenador geral do evento.  O pessoal tem reclamado que foi prometido um telão que deveria ser instalado na praça para atrair mais pessoas ao local do Coreto. Porém, segundo pessoas ouvidas pelo Blog, ainda nada foi feito,  e elas reclamam do descaso.

“Estamos indo de um lugar para outro. Vamos à prefeitura, nos mandam ao Centro de Convenções. Ficamos de lá para cá. Isso é um absurdo”, lamentou  uma fonte que não quis ter o nome revelado com medo de represálias.

Com a coordenação de Avanilson, o secretario de Desenvolvimento Econômico, Luis Cláudio, que, teoricamente, seria o responsável por estas questões, tem ficado de mão atadas,  sem poder de decisão  para resolver os problemas apontados pelos barraqueiros.

De acordo com os comerciantes,  o público não tem  permanecido no local por causa dos shows. Com a instalação dos telões, acreditam eles, o local seria mais freqüentado, aumento as vendas.

“A noite passada eu vendi apenas 70 reais. Eu paguei R$7 mil  por este espaço. Como é que eu vou ter algum lucro se as vendas continuarem assim? Ao invés desse Coreto (situado no centro da praça onde ficam as barracas) devíamos ter era telões para segurar mais o público. Só vendi bem no primeiro dia”, disse outro comerciante.

Os reclamantes ficaram de procurar o prefeito, caso o assessor especial não resolva as demandas levantadas, e prometidas pelo assessor especial.

Blog do Banana

Deixe seu comentário