Morre, aos 76 anos, o ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima

Morreu, aos 76 anos, na manhã deste sábado (7), o ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima. Ele lutava há cerca de um ano contra um câncer no pulmão. Cunha Lima faleceu na casa da família em João Pessoa. O anúncio foi feito pelo filho dele, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), através de sua conta no Twitter.

 Desde a sexta-feira (6), a família de Ronaldo informava aos amigos e familiares que o político estava sob efeito de sedativos e que a situação era irreversível. A doença foi diagnosticada em julho de 2011. Por cinco meses, Ronaldo foi internado diversas vezes em hospitais de São Paulo e João Pessoa. Dsde a última internação, em janeiro deste ano, o ex-governador estava sendo cuidado em casa.

 Ronaldo Cunha Lima dedicou quase 50 anos de sua vida à carreira política até 2007, quando renunciou ao mandato de deputado federal. Foi o último cargo público que exerceu. Ronaldo deixou o senador Cássio Cunha Lima, seu filho, como principal sucessor na política.

 Foi deputado estadual por dois mandatos e, em 1969, se elegeu prefeito de Campina Grande. Teve seu mandato cassado pela ditadura militar. Em 1982, foi novamente eleito prefeito da cidade, pelo PMDB.

Em 1990 foi eleito governador da Paraíba, cargo que deixou em 1994 para concorrer ao Senado Federal. Com problemas de saúde desde 1999, quando sofreu um acidente vascular cerebral, Ronaldo ainda permaneceu alguns anos na vida pública até deixar o cargo de deputado federal em 2007, quando exercia o segundo mandato.

 Deputado federal por Pernambuco e presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra usou seu perfil no Twitter para prestar homenagem ao ex-governador paraibano e deixa seus cumprimentos aos familiares de Ronaldo Cunha Lima. “O Brasil, em especial o Nordeste, perdeu hoje uma de suas lideranças mais importantes. A generosidade foi a grande marca do ex-governador da Paraíba em sua trajetória política de quase 50 anos. Um caminho que conseguiu tornar mais leve com a sua poesia e dezenas de livros. Deixo aqui minha solidariedade aos familiares!”.

 HISTÓRIA – Ronaldo José da Cunha Lima nasceu na cidade de Guarabira, Brejo paraibano, em 18 de março de 1936. Formado em Ciências Jurídicas, ele era casado com Maria da Glória Rodrigues da Cunha Lima e tinha quatro filhos: Ronaldo Cunha Lima Filho, Cássio Cunha Lima, Glauce Cunha Lima e Savigny Cunha Lima.

 Apelidado de “Poeta”, Ronaldo Cunha Lima também fez carreira como escritor, chegando a assumir a cadeira de número 14 na Academia Paraibana de Letras em 1994. Dizia-se apaixonado por poesia, sobretudo pela obra do também paraibano Augusto dos Anjos. Em 1988 chegou a vencer o programa Sem Limite, da Rede Manchete, com perguntas sobre a vida e obra de Augusto dos Anjos.

Fonte: Ne10

Blog do Banana

Deixe seu comentário