Militar reclama do atraso no pagamento de diárias

Um oficial da Polícia Militar em Petrolina, que quer ter o nome preservado, revela que as diárias destinadas aos militares que trabalharam em eventos festivos da cidade e do Estado, estão atrasadas. Entre os eventos estão: Gecana, São João do Vale, Vaquejada e São João de Caruaru. “Está tudo centralizado em Recife. Antes, quando era aqui mesmo a prestação de contas, recebíamos logo em seguida ao serviço prestado”, desabafa o oficial.

A fonte ouvida pelo Blog  diz também que a nova política de horas extras implantada pelo Estado tem prejudicado a categoria. “Nós ganhamos 120 reais a cada seis horas de trabalho extra. Só que antes tinhamos uma conta mensal de 200 horas. Hoje, são apenas 80 para dividir por todo batalhão”.

 

Blog do Banana

Deixe seu comentário