Marchinha de carnaval critica Reforma da Previdência

A marchinha, idealizada pela Pública Central do Servidor, pelo Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado, pelo Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde e pela Febrafisco, está bombando nas redes sociais, com sua sátira à tropa de elite do Governo Federal na tentativa de pautar e votar a Reforma da Previdência de maneira autoritária e com efeitos perversos para os trabalhadores brasileiros.

O vídeo da música carnavalesca já foi compartilhado milhares de vezes nas redes sociais. Apenas 48 horas depois de lançada, a marchinha  “Não vá mexer na nossa previdência – quem votar, não volta!” alcança 355.372 visualizações.

A música será tocada nos carnavais de Brasília, São Paulo e Pernambuco, entre outros. E um trio elétrico estará tocando no Congresso Nacional e em pontos de Brasília nas vésperas e durante a tentativa do Governo Federal de realizar a votação a qualquer custo. “Seu Deputado, seu Senador, não vá mexer na nossa previdência. Quem votar, não volta não, não ganha mais nenhuma eleição”, diz o refrão da marchinha.

Confira no vídeo abaixo: (247)

Deixe seu comentário