Juazeiro: Vereador Medeiros diz que prefeitura tem mais empresários para pagar além da mulher que acorrentou-se em frente ao paço municipal

O vereador José Carlos Medeiros (PV) esteve hoje no programa de Waltermário Pimentel, na Rádio Cidade em Juazeiro, e cobrou explicações da prefeitura municipal  a cerca de dívidas com empresas de outras cidades. Entre elas, a da empresária  Iriana Koch Tuni, da Hidroluna Materiais para Saneamento, de Santa Catarina.

De acordo com o vereador,  a mulher  afirma que na região onde tem seu estabelecimento comercial outros empresários também reclamam  da falta de pagamento por parte da prefeitura de Juazeiro, governada por Isaac Carvalho(PCdoB). Medeiros disse que a gestão atual  tem gastado muito e  não  vem cumprindo compromissos financeiros.

“Uma prefeitura que gasta mais de 100 mil com alho, milhões com publicidade,  não pode deixar de pagar serviços contratados. Afinal, se fez licitação, se disse que iria pagar por que não pagou? Essa é pergunta que não quer calar”, disse  o edil.

Para protestar contra o atraso no pagamento de uma dívida de quase R$320 mil, a  empresária Irana Tuni acorrentou-se a um mastro em frente ao paço municipal,  nessa última terça 5. Há mais de um ano a Hidroluna  espera receber a quantia.

Segundo Medeiros, a empresa de Tinu teve tamanho prejuízo com o calote da prefeitura de Juazeiro  que  chegou até a  perder mercado. Depois da licitação, a prefeitura teria estipulado o pagamento para dali há 15 dias. Quinze meses  de pois,  ela  não depositou nenhum centavo na conta da empresa catarinense.

Em entrevista concedida ao jornal Gazzeta do São Francisco, a empresária disse que tentou audiência com o prefeito Isaac Carvalho, mas não obteve sucesso. A questão foi parar  na justiça. A prefeitura alega que a dívida não é sua e que os recursos aprovados pelo Governo Federal, no valor de R$20 milhões, para retomar obra de saneamento básico que foi suspensa pela Caixa,  serão disponibilizados quando os trabalhos forem retomados.

A prefeitura informou também que a secretaria de Obras do Município comunicou as  empresas contratadas para executar  a obra  sobre a retomada dos trabalhos de saneamento, previsto para acontecer até a próxima semana. As empresas, segundo a prefeitura, deverão receber na medida que  a Caixa Econômica Federal disponibilizar os recursos conforme verificar a execução e a qualidade dos serviços prestados.

Deixe seu comentário