Início de noite, tumultuada no Hospital José Henrique de Lima em Lagoa Grande.

No último sábado (23) após o encerramento do plantão médico o plantonista vai embora antes do seu substituto chegar. Vários pacientes ficaram sem atendimento médico entre eles uma agende de saúde cuja família teve que conduzir até a cidade vizinha para ser atendido já que o estado inspirava cuidado por se trata de um acidente envolvendo moto.

Outra pessoa vitima do mesmo acidente ficou durante um bom tempo em cima de uma maca, o que separava a vitima do chão eram apenas as rodas da maca. Havia nessa noite até uma criança cuja, televisão havia caído sobre a cabeça da mesma e encontrava sem atendimento por falta de médico.

Em qualquer cidade do país no período de São João dobram seus médicos na expectativa dos inúmeros de acidentes, principalmente aqueles que envolvem fogos e fogo em Lagoa Grande o Secretariam de Saúde mantém a unidade hospitalar na contramão, sem médico, sem salário e acima de tudo sem condições mínimas de acomodações na tão famosa SALA VERMELHA.

Até quando este secretário inoperante a frente da Secretaria de Saúde? Enquanto ele degusta seu churrasco a população amarga o descaso provocado cidadão, mais se esquece dos cidadãos que pagam seus salários.

Fonte: Diário Popular

Blog do Banana

Deixe seu comentário