Gonzaga Patriota também entra na justiça contra o Blog do Banana

O deputado Gonzaga Patriota (PSB) acaba de entrar na justiça contra nosso blog. Ontem foi Fernando Filho. Parece que os deputados não tem mais muito com o que se preocupar. As criticas que fazemos  são pesadas, corajosas. Por isso mesmo necessárias. Assim, enquanto houver o que falar, vamos continuar falando.

Além de Fernando Filho e Gonzaga, quem mais move ação contra o blog do Banana são o ministro  Fernando Bezerra Coelho e o deputado estadual Adalberto Cavalcante. Então, tracemos um rápido perfil dos ilustres políticos.

Primeiro Fernando Filho. Este que virou deputado federal graças a influência do pai.Afinal de contas, quem tem notícia que esse jovem  realizara trabalhos sociais, participado, ao menos, de grêmios, lutado no movimento estudantil da região, ter sido  liderança representativa,  ao menos,  do seu condomínio? Nada?Então como que é alguém que nunca havia feito nada por ninguém torna-se deputado?

  Como já dissemos anteriormente, no seu primeiro mandato como parlamentar Fernando Filho  usou as cotas das passagens de avião que dispunha  para mandar a esposa e sogra para a Europa, precisamente Paris, a cidade luz. Ao todo, 30 mil reais. Que saíram  dos bolsos de nós pobres mortais que levantamos todos os dias cedinho para ganhar o pão nosso de cada dia. Muitos passam a vida toda e não ganham o que o deputado gastou em passagens áreas. Mesmo assim, diz que o blog não é ético. Então a ética deve ser relativa. Ou, o parlamentar não anda se avaliando muito ultimamente.

Gonzaga Patriota. Bem, o que dizer de cidadão que todos sabem que perdeu as últimas eleições municipais por ter dito que não queria ir  nem para o céu nem para o inferno com os Bezerra Coellho? Agora, anda para cima e para baixo com Fernando Filho com se fossem melhores amigos. Há quem diga que quer lançar seu filho como vice na chapa do filho de Fernando. Que bonito, heim? Petrolina governada por filhos como se a cidade fosse um reinado que passasse de geração para geração. Se isso acontecer, o último que deixar Petrolina, por favor, apague a luz.

Gonzaga tem cargo eletivo às custas de Petrolina há muitos anos. É o que se chama por aí de político de carreira. Critica a falta de política pare enfrantar os problemas da seca. Mas, nesse período todo como deputado, o que ele fez para sanar os problemas da falta de chuva em Petrolina e região. Pode enviar ao blog, Gonzaga, a lista das sua emendas para a área de sequeiro. Publicaremos.

Fernando Bezerra Coelho. Fernando por onde passa parece que deixa uma desordem administrativa. O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco rejeitou uma prestação de contas sua relativas a sua última gestão como prefeito. Os dados referem-se ao saneamento do Hospital de Traumas. A matéria está a dois anos na Casa Plínio Amorim esperando um parecer. Até agora  não foi julgada.

Recentemente, o blog divulgou que quando passou por Suape, Fernando teve suas contas aprovados com ressalvas. Aluguel de helicópteros, entre outros pontos, foram criticados pelo Tribunal de Contas do Estado.  Num contrato com BNDES firmado  na última vez em que foi prefeito, a Procuradoria Geral do Município também  apontou irregularidades.

Histórico aliado do Democratas, ex-PFL,  passou para o PSB de Eduardo Campos e pretende substituí-lo no governo do estado. Para se fortalecer politicamente no interior, quer fazer do jovem filho prefeito de Petrolina.

Adaberto Cavalcante. Bem, quem é esse mesmo? Ah, lembrei. Deputado estadual… Alguém poderia apontar uma obra que veio para a região graças ao excelentíssimo. Prometo que publico a foto. Vou ficando por aqui porque Adalberto não merece nem comentário.

Mas, caros leitores, a Constituição Brasileira, símbolo máximo da democracia nacional, é clara em seu artigo 220  “A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição” E diz mais:   Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social”.

Portanto, sigamos dizendo a verdade, que a verdade nos libertará.

Ricardo Banana.

Deixe seu comentário