Fundarpe é acusada de dar calote no Sertão de Pernambuco

Informações da Rádio Pajeú dão conta que a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) está sendo acusada novamente de “calote” no Sertão pernambucano. Segundo a emissora, a instituição vinculada à Secretaria Estadual de Cultura ainda não pagou os cachês dos repentistas que participaram do “Desafio Nordestino de Cantadores de 2010”.

No total são 10 duplas de violeiros que pelejam todos os dias para receber os pagamentos.

Ainda de acordo com a Rádio Pajeú, a Fundarpe também não quitou os débitos com os locutores que apresentaram as atrações dos polos do carnaval 2012 em diversos municípios da região. Os artistas e locutores afirmam que entram em contato frequentemente com a Fundação, mas não recebem respostas.

Alvinho Patriota

Deixe seu comentário