Folia do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina antecipa o carnaval

O carnaval oficial 2018 só começa neste sábado, mas a folia já foi antecipada no Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina. O voluntariado celebrou ontem (08) a festa momesca com o tradicional Bloco Solidário, que percorreu todos os setores da unidade materno-infantil levando alegria para funcionários, pacientes e acompanhantes.

O “bloco” foi puxado pela Banda Are Baba e Gildinho do Sax, que entoaram as principais marchinhas de carnaval, fazendo todo mundo cair no frevo. Ariele Vitória Marques de Souza, de 2 anos, mesmo tratando uma encefalite foi uma das que mais se divertiu. Ela brincou, tirou fotos e dançou bastante. Sua mãe, Gabriele dos Santos, que está no hospital há oito dias, também não conteve a alegria. “A gente fica feliz demais ao ver o sorriso deles. Achei ótima a iniciativa”, revelou contente.

O pequeno Vitor Beijamin foi outro que aproveitou a festa. Ele vestiu uma fantasia improvisada pelos voluntários e virou folião. “Nós estamos aqui há mais de 15 dias e esse foi um dos poucos momentos de descontração e brincadeira que tivemos. A pediatria tem uma brinquedoteca, que também é muito boa, mas esse carnaval foi super diferente”, ressaltou durante a festa.

Os benefícios desses momentos proporcionados pelo Voluntariado do HDM são muitos, e vão deste a alegria simples e gratuita, à promoção da saúde – através os estímulos positivos provocados – e humanização do ambiente hospitalar.

“Estamos muito felizes em poder realizar mais um ano o nosso bailinho de carnaval com o Bloco Solidário. E mais contentes ainda de poder contar com uma equipe maravilhosa, que faz das dificuldades superação e não se cansa de tentar fazer o bem. Hoje, por exemplo, nós tivemos uma série de contratemos que conseguimos vencer com essa união. No final tudo deu certo e realizamos uma bonita festa”, relata o coordenador, Rui Holanda.

O caminho do voluntariado é uma via de mão dupla. “Ajudando os outros a gente se ajuda. Através do serviço do voluntariado a gente se conecta a outras pessoas e aumenta as próprias habilidades sociais e de relacionamento. É uma atividade que faz bem para o corpo e para mente, combate a depressão, proporciona experiências humanas diferenciadas, traz sentido e satisfação para a vida”, reflete Rui sobre o papel do Voluntariado, que além de celebrar as principais datas comemorativas, também atua diariamente no HDM.

Ascom

Deixe seu comentário