Espaço do leitor: Denúncia de irregularidades na seleção do BOLSA PERMANÊNCIA na UNIVASF

Há alguns anos a UNIVASF recebe uma verba do PNAES, que é o Plano Nacional de Assistência Estudantil, com o objetivo de promover a assistência estudantil a estudantes de baixa renda e auxiliar a permanência desses estudantes na universidade. Porém, os EDITAIS lançados para inscrição da bolsa NUNCA é respeitado em todas as suas regras, nem cumpre seus prazos.

 Só nesta última seleção as inscrições foram prorrogadas por um longo período a mais devido a um congestionamento da página de inscrições, dando um período maior aos estudantes para que organizassem os documentos necessários para se inscreverem… o resultado parcial foi adiado, o período de envio de recursos também foi prorrogado além do que se devia e a divulgação do resultado final foi adiado 4 VEZES.

 Se apenas este fosse o problema seria justificável, pois é um longo trabalho para apenas duas assistentes (como eles dizem) darem conta do recado. Mas o problema maior é a FUGA DO EDITAL e suas regras de RECURSOS. As assistentes ficam disponíveis 8 horas por dia para que os estudantes tirem dúvidas acerca dos documentos para inscrição. Então preste bem atenção no que diz esse subtópico do EDITAL desse semestre quanto ao envio de recursos:

 “4.3- Não serão aceitos como recursos a apresentação de documentos que deveriam ser apresentados pelos candidatos na etapa de inscrição do processo seletivo, bem como a inserção de novos dados e/ou de membros familiares.”

 O Edital e as assistentes deixaram bem claro que O RECURSO deve ser enviado para esclarecer informações, documentos que estão com algumas partes ilegíveis por erro de escaneamento ou algo do tipo, e NÃO por estudantes que deixaram de enviar documentos OBRIGATÓRIOS, importantes para afirmar as informações prestadas durante o período de INSCRIÇÃO. Mas não foi isso que ocorreu. Na divulgação do RESULTADO PARCIAL, observou-se claramente que a inscrição de muitos estudantes foi indeferida devido ao não envio de documentos ou envio de documentos que não atendem ao edital. Mas na divulgação (muuuuito adiada) do RESULTADO FINAL, estes mesmos estudantes que foram indeferidos por não apresentarem certos documentos, foram SELECIONADOS. Estudantes cujo nome sequer havia aparecido na lista de indeferidos surgiram como selecionados no resultado final de algumas listas. Pois é, ocuparam a vaga e o direito de pessoas que enviaram seus documentos corretamente no período de inscrição. É aí que me pergunto… “o que torna esses estudantes melhores que os outros para que sejam selecionados desrespeitando as regras do próprio edital de seleção?”

 Isso não é JUSTO. A intenção seria divulgar e denunciar coletivamente junto ao Ministério Público, mas como a maioria dos estudantes voltaram para suas cidades devido à GREVE DOS PROFESSORES, não há como fazer sequer um abaixo assinado para efetuar a denúncia. Por isso resolvemos fazê-la diretamente na imprensa para ganharmos um pouco de VOZ e para que a comunidade saiba que existem sim, muitas irregularidades no universo acadêmico. E se nada for feito de imediato, essas injustiças continuarão acontecendo.

Edital-Bolsa-Permanencia-2012.1(1)

Leitora: Karlene Souza

Blog do Banana

Deixe seu comentário