Ensino do Nova Semente equivale ao de Escolas Particulares

IMG_ 2329 01.JPGNa inauguração da 66ª unidade do Programa Nova Semente, na Vila Débora, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, foi homenageado e presenteado pelos moradores e representantes da comunidade. Ele recebeu das mãos do pequeno Eduardo Rodrigues, de apenas 5 anos, o título “Pai do Nova Semente” assinado pelas mães beneficiadas pelo programa.

Sirleide Rodrigues, mãe de Eduardo, falou de sua felicidade em ver seu caçula, aluno de uma outra creche do Nova Semente, sendo alfabetizado. “Meu filho de apenas 5 anos já sabe ler e escrever. Ele ensina o irmão mais velho de 7 anos a fazer as tarefas”, afirmou.

O prefeito Julio Lossio esclareceu que com o ensino oferecido pelo Nova Semente, as crianças assistidas pelo programa se igualarão aos alunos das escolas privadas. “As crianças beneficiadas vão ler aos 5 anos porque esta é a mesma época que filho do rico começa a ler. Com a chegada do Nova Semente, o filho do rico e do pobre vão concorrer de igual para igual. As sementeiras passaram por uma capacitação antes de começarem a ensinar nas creches e vão ajudar muito na educação e alfabetização destas crianças. Num futuro bem próximo teremos aqui a erradicação das desigualdades na educação de todas as crianças de 0 a 5 anos no município”, declarou.

Ana Lúcia Andrade, gestora da nova creche “Passo Firme”, afirmou que muitos pais de bairros vizinhos estão trazendo seus filhos para estudarem no local. “Muitas crianças de outros bairros vieram para estudar aqui. Os pais já conhecem o histórico do Nova Semente e confiam na educação que daremos aos seus filhos. Além disso, a creche oferece a oportunidade das mães trabalharem enquanto seus filhos estão aqui”, explicou.

Rita de Cássia é mãe de Artur Levi de apenas 1 ano e 5 meses. Ela contou que graças ao programa, poderá voltar a trabalhar enquanto seu filho é educado na creche. “Eu vou começar a trabalhar num escritório de advocacia e vou deixar meu filho aqui. Eu acredito que o Artur vai ler no tempo certo e, estudar aqui, vai ser muito bom para o desenvolvimento dele. Eu conheço as pessoas que trabalham aqui e confio na competência delas”, afirmou.

Para Aline Oliveira, representante das gestoras do Nova Semente, esse é o melhor programa da história de Petrolina. “As famílias das crianças que estudam no Nova Semente ficam surpresos com a evolução de seus filhos. Estamos sim no caminho certo”, ressaltou.

Para a melhoria do ensino da unidade “Passo Firme”, Carmem Brito, do Instituto Alfa e Beto, fez uma doação de 4 tablets para melhorar na manutenção dos atendimentos às crianças. “Com os novos tablets, será possível registrar o resultado das pesquisas realizadas na creche. Estas informações são enviadas para a gerência onde se tomará uma providencia rápida quando necessário”, enalteceu.

“Aprendendo de forma divertida, algumas creches do Programa Nova Semente, já estão recebendo aulas de capoeira e música, além de uma base educacional com cuidados pedagógicos, odontológicos, nutricionais, esportivos, entre outros”, explicou a coordenadora do Nova Semente, Mônica Couto.

O presidente da associação de moradores da localidade, Rafael Leôncio dos Santos, comemorou. “A Vila Débora hoje se sente feliz pelo fato de está recebendo este trabalho de iniciativa do governo Julio Lossio que vai ajudar e fazer prosperar as crianças de nossa comunidade. Aqui tínhamos a necessidade de uma creche e hoje temos um lugar para educação e atividades recreativas para as crianças enquanto as mães estão a trabalhar”, frisou.

Com a nova creche, são 3.960 crianças atendidas, 2.900 famílias beneficiadas e 1.074 sementeiras com carteira assinada.

 

Texto: Gabriela Canário

Foto: Marcizo Ventura

Blog do Banana

Deixe seu comentário