Em 2010, Compesa recebeu R$ 50 milhões para duplicar oferta de água em Petrolina

O Ministério das Cidades destinou 50 milhões de reais para a Compesa em Petrolina em 2010. O dinheiro seria destinado à ampliação da oferta de água no município.

À época, o então presidente da Compesa, João Bosco de Almeida (foto), disse que com o dinheiro a Companhia duplicaria os abastecimento de água em Petrolina. As obras, segundo Almeida, começariam em março de 2011.

Os 50 milhões saíram das ações do PAC 2. O prestígio de Eduardo Campos junto ao presidente Lula foi um dos fatores apontados como sendo decisivo para a liberação dos recursos. Ao todo, Pernambuco arrecadou R$ 319,6 milhões junto ao governo federal. O montante foi destinado ao abastecimento de água potável e obras de saneamento básico no Estado.

 

Blog do Banana

Deixe seu comentário