Deu no A Tarde: Bandeira será o fiel da balança nas eleições em Juazeiro

Joseph Bandeira foi prefeito de Juazeiro duas vezesEx-prefeito de Juazeiro em duas oportunidades e suplente de deputado federal, o petista Joseph Bandeira deverá ser o fiel da balança das eleições municipais deste ano em Juazeiro. Se depender da própria vontade, é candidatíssimo e com fortes chances de vencer a disputa.

No seu caminho, no entanto, está o atual prefeito Isaac Carvalho (PCdoB). Candidato à reeleição, Carvalho é a esperança dos comunistas de se manterem no comando do sétimo maior colégio eleitoral da Bahia. E, para isso, quer  contar com o apoio dos tradicionais parceiros petistas.

O apoio do PT a Isaac vem sendo costurado entre as executivas estaduais petista e comunista, o que pode acabar frustrando o desejo de Joseph de voltar ao comando do município banhado pelo rio São Francisco. Em entrevista ao A TARDE, o presidente estadual do PT, Jonas Paulo, admitiu que o partido negocia o apoio ao prefeito em Juazeiro, como parte da estratégia estadual de consolidar a base do governador Jaques Wagner.

No meio da disputa entre Isaac e Joseph, o nome do engenheiro Edson Tanuri (PTB) surge como alternativa capaz de desequilibrar a eleição. Apoiado por políticos tradicionais da região, como Misael Aguilar (PMDB), ele poderá até receber o apoio de Joseph, caso este seja impedido pelo partido de disputar a eleição no município.

“Estamos conversando. Entendo que não devemos ser candidato por vontade pessoal, por isso mantenho uma interlocução com partidos tanto da base quanto da oposição”, afirma Tanuri, ressaltando que não teria dificuldade em negociar a cabeça da chapa caso Joseph Bandeira realmente seja candidato.

Além de Isaac, Tanuri e Joseph, o advogado Márcio Jandir (PV) também ganha musculatura como candidato do campo das oposições. Apoiado por nomes tradicionais da região, como do ex-deputado Edson Duarte e o advogado e professor Wank Medrado, Jandir já conquistou o apoio do PSDB e do Democratas.

Outra candidatura que é dúvida, mas está mantida até o momento é a do  deputado estadual Roberto Carlos (PDT). Investigado pela Polícia Federal por um suposto esquema de desvio de salários de funcionários fantasmas, o deputado poderá participar da disputa para defender-se e manter intacto o seu capital político na região. O presidente estadual do PDT, Alexandre Brust, garante que a candidatura é para valer: “As pesquisas nos deixaram bastante animados”.

Inelegíveis – Além dos imbróglios entre petistas e comunistas, um fator novo também pode pender a balança nas eleições municipais em Juazeiro. Tanto Isaac Carvalho quanto Joseph Bandeira estão na lista de gestores tidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como inelegíveis, porque tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios por problemas de gestão.

Desta forma, disputarão a eleição com a candidatura sub-júdice, correndo o risco de terem o diploma e o mandato cassados caso se elejam para a prefeitura. A inelegibilidade será confirmada caso seja provado que os gestores praticaram ato doloso de improbidade administrativa.

ISAAC CARVALHO busca  a reeleição – Eleito em 2008 pelo PCdoB, o prefeito Isaac Carvalho vai para a disputa para buscar a reeleição. Ainda tenta atrair o apoio do PT e outros partidos da base.

Pressionado, Joseph se mantém no páreo – Ex-prefeito e deputado federal mais votado em Juazeiro, Joseph Bandeira tenta voltar à prefeitura. Enfrenta resistência da executiva estadual do PT, que quer apoiar Isaac.

Edson Tanuri quer ser alternativa – O petebista Edson Tanuri poderá agregar o apoio de oposicionistas como Misael Aguilar. Também busca o apoio de Joseph Bandeira, caso este não seja candidato.

Márcio Jandir é nome da oposição – O advogado Márcio Jandir, do Partido Verde, vai representar as oposições na disputa pela prefeitura. Já tem o apoio garantido do PSDB de Jutahy Junior e do Democratas de ACM Neto

Texto João Pedro Pitombo

Foto Ailton Cordeiro / Agência A TARDE / Arquivo

Deixe seu comentário