CAPS AD de Petrolina completa seis anos

Usuários, familiares e a equipe multiprofissional do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS AD) de Petrolina reuniram-se, ontem (28), para festejar os seis anos de funcionamento do serviço na cidade. Entre brincadeiras e muita música, os pacientes lembraram a importância do CAPS, que serve de refúgio para as pessoas que buscam apoio em um momento de extrema fragilidade.

“Com o uso da droga a pessoa fica sem ter para onde ir, mas aqui nós temos uma saída. Se não existisse o CAPS AD, hoje eu estaria morto. Minha droga é só o álcool, mas eu estava muito debilitado, pesava apenas 53 kg e tinha perdido a confiança da minha família”, relatou Neuton Barreiros dos Santos, paciente do Centro há 11 meses. Após o início do tratamento, Neuton não só ganhou peso, mas recuperou os laços familiares, que estavam desgastados.

Durante a comemoração, a coordenadora do CAPS AD, Helena Quedma, aproveitou para refletir, junto com os usuários, sobre o papel do serviço na atenção aos pacientes em sofrimento psíquico por decorrência do uso abusivo do álcool e de outras drogas. “O nascimento da unidade já foi um marco, e completar seis anos é realmente algo para festejar, pois estamos pertinho de completar uma década de atividades no tratamento das pessoas com esse tipo de dificuldades e também no apoio aos seus familiares”, declarou.

O usuário Luciano Santos da Silva encontrou no serviço a sua segunda casa, onde mantêm amigos. “O CAPS é um lugar bom, onde as pessoas se livram dos vícios, se libertam, conseguem viver bem, fazer amigos e prosperar sem drogas e sem vícios. Eu venho aqui quase todos os dias, participo das atividades e sou muito bem atendido por todos da equipe”, afirmou o paciente, que é mais antigo em tratamento no serviço. Luciano é acompanhado pela equipe há quatro anos.

Atualmente, o CAPS AD conta com mais de 200 usuários em tratamento. De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta, o número de pacientes reflete a valorização do serviço. “O CAPS AD é uma unidade estruturada e com uma equipe multiprofissional qualificada para acolher, tratar e acompanhar esses pacientes”, declarou a gestora, ressaltando que em consequência da consolidação do serviço, novos usuários começam a aparecer, pois já veem no Centro, uma referência para esse tipo de tratamento.

Texto e Foto: Eneida Trindade

Blog do Banana

Deixe seu comentário